reservar hotel moov!
Call Center Portugal +351 220 407 000
* Se viaja acompanhado com crianças até 12 anos, por favor, entre em contacto connosco para confirmar as possibilidades de acomodação.

Artesanato Alentejano

Descubra um património imaterial
  • Eventos | 31 Julho, 2015

A Rua 5 de Outubro, em #Évora, é uma alucinante viagem pelo artesanato #Alentejano! Descubra um património imaterial belo e único nos campos da #olaria, #tapeçaria e, claro, todo o tipo de peças em #cortiça!

Embora haja artesanato comum a todas as regiões do #Alentejo, os diferentes ofícios são característicos de zonas específicas.

Olaria: Flor da Rosa (Crato), Nisa, Estremoz

Na olaria mais utilitária e decorativa, são bastantes as povoações onde os oleiros se dedicam a moldar o barro. Mas as principais são Viana do Alentejo, Redondo e S. Pedro do Corval. Esta última é mesmo o maior centro oleiro da Península Ibérica. As olarias do Alentejo costumam estar abertas ao público. Não deixe de visitar uma ou várias para saber como se cria uma peça de barro e acompanhar todo o processo desde a moldagem passando pela cozedura no forno e até à decoração final.

Peças de couro ou pele: feitos de couro estão selas, malas, botas e sapatos, vestuário para o dia-a-dia e para caçadas.

Tapetes, mantas e tapeçarias: mantas alentejanas, feitas com fios de lã de ovelha branca e negra em teares, cortinas, capotes, ponchos, sacos, almofadas, mantas de viagem, individuais, meias, toalhas, etc..

Tapeçaria de Portalegre: permite reproduzir com total fiabilidade o desenho criado

Artigos em cortiça: existem artigo como guarda-chuvas, presépios, malas, leques, colares e pulseiras, porta-chaves e até mesmo calçado

#HotelMoov #MoovAround #Sugestões